quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

anarco existencialismo

se eu não gosto de pobre
por que eu falo com você?
porque sento em sua mesa
e ultilizo seu perfume vagabundo?

se eu não gosto de sexo
por que sempre faço sozinha?
por que procuro em festas
alguem para comprar?

se eu não gosto da rotina
por que vivo nesse entra e sai?
por que ando nas mesmas esquinas
e espero o mesmo onibus passar?


meu desconforto
parece insuficiente
sou uma anarquista incoerente
esperando o sistema mudar.

[ana carolina~]

-oeeeeeeeeeeeeee!